Beijar e Chorar – filme de drama baseado em fatos reais

Beijar e Chorar é um filme de drama baseado em fatos reais, que narra a vida de Carley Allison. Uma garota canadense de 17 anos, cantora e patinadora. Não posso deixar de dizer aqui que é uma história triste e, ao mesmo tempo em que também é romântica. Porém, essa história vai muito além do que uma garota com uma doença grave que vive um amor romantizado pelas telinhas. Esse é sem sombras de dúvidas, um filme de grande magnitude e beleza que nos traz grandes aprendizados e grandes lições! Eu  realmente não poderia deixar de trazer a resenha desse filme.

Carley era uma menina linda, cheia de vida e de projetos. Estava se preparando como patinadora para se tornar uma grande profissional. Durante esse período, ela conhece John, um rapaz alegre, bonito e divertido. Uma forte conexão entre eles, faz com que logo se tornem namorados. Eles vivem lindos momentos! Mas, de repente, a vida surpreende Carley. Ela é diagnosticada com um tipo raro de câncer, (apenas 1 pessoa em 3 bilhões e meio no planeta) fora atingida por essa doença antes. A doença a atingiu na traqueia.

“Sempre encontre uma razão para ser feliz, e se não pode, sorria mesmo assim.”

Mas, o que realmente nos comove e nos chama a atenção nesse filme, é a forma que Carley decidiu encarar a doença e a vida dela diante desse acontecimento.

“ Eu olhei para isso por uma perspectiva diferente”.

Ela nos deixa várias lições e vários aprendizados. A alegria que ela conduziu a própria vida, mesmo diante da barra que enfrentou, nos leva a refletir a respeito de nossas próprias posturas diante dos desafios da vida.  Ela escolheu ser feliz independente das circunstâncias que se apresentaram para ela. Encontrou razões para se alegrar e para sorrir, mesmo diante da dor. Carley escolheu viver, sentir e valorizar os momentos. Ela escolheu agradecer! Escolheu amar! Carley ESCOLHEU VIVER!

“Continue voltando, não importa quais sejam os resultados.”

“A vida é cheia de momentos em que você pode escolher sorrir ou não sorrir. Todos nós podemos fazer a escolha. Eu escolho sorrir. Esse é o meu triunfo!” Carley Allison

Talvez, além dessa resenha ( Beijar e Chorar – filme de drama), você goste de outras aqui no blog. Acesse: https://pausaparaaquecerocoracao.com/?s=filme

Resenha feita por Hérica Rodrigues

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *