O sabotador prestativo

O sabotador prestativo é aquele que vive fazendo favores, ajudando, fazendo tudo para todo mundo e postergando de fazer as suas próprias coisas.

Bem, a pessoa com o sabotador prestativo, tem a ideia de que para ser considerada uma boa pessoa, ela precisa atender as necessidades dos outros, antes das delas. Ela acha que fazendo “tudo” para as pessoas, será capaz de fazer com que gostem dela, pois ela sempre presta favores e ajuda. Pensa que com isso, conseguirá o amor e reconhecimento dos outros. Outro ponto também que ela pensa, é o seguinte: “se eu não ajudar as pessoas, quem fará?” ( E isso é ruim, porque muitas vezes, ela se torna alvo dos aproveitadores. Ou seja, a pessoa prestativa, pensa que os outros estão a volta dela, porque gostam dela, pois afinal de contas, ela é boa, ela ajuda todo mundo, ela até deixa de fazer as coisas dela para fazer as dos outros primeiro! Mas, na verdade, muitos estão ali, somente para aproveitar e para sugar o tempo, a energia e usufruir dos favores dela.

O sabotador prestativo, busca de maneira inconsciente, ou até mesmo consciente, ser aceito, admirado e até querido pelos outros.

Na verdade, é uma busca de reconhecimento, pois de certa maneira, ele necessita ser amado. Eu acredito que a pessoa que se enquadra no sabotador prestativo, é também aquela famosa pessoa “boazinha” que todos nós conhecemos! Ou seja, aquela pessoa que não consegue dizer não.

Bem gente, consideramos esse comportamento como sabotador, por vários aspectos. E um deles, é que isso pode ser muito angustiante internamente para a pessoa.  Analise comigo aqui agora!  Já pensou ter que viver com essa pressão de agradar a todo mundo, de atender as expectativas dos outros, para se sentir amado, se sentir parte de um grupo, ou até mesmo valorizado pelas pessoas? Já pensou o gasto de energia mental, física e emocional que é isso? No fundo, a pessoa que está o tempo todo prestando favores, sendo útil para os outros, e deixando as suas necessidades de lado, para atender as dos outros, também se torna frustrada. E por que isso? Porque como sabemos, não há como agradar todo mundo e o tempo todo. Mesmo que você faça tudo o que puder, ainda assim, falarão mal de você, serão ingratos, verão defeitos, e por aí vai… Existe uma frase que diz: “Não importa quantos favores você já fez para algumas pessoas, no final das contas, elas lembrarão de você por aquilo que você não fez.” Eu não sei quem disse essa frase. Sei que ela circula pelas redes sociais, e é bastante comprovada em nosso dia a dia. Bem, pelo menos no meu. Agora é claro que não são todas as pessoas. Existem também pessoas gratas. Mas, não são dessas que estamos falando hoje.

O outro ponto em que a pessoa que vive prestando favores para todo mundo se sabota, é no lado material e também emocional.  O fato dela prestar favores para os outros, e esquecer de si própria e das suas necessidades, muitas vezes faz com que ela não realize e conquiste os seus desejos, pois o tempo que ela poderia usar para trabalhar nos seus projetos, é disponibilizado para os outros. E com isso, ela se torna ressentida consigo mesma, por não alcançar os seus objetivos. ( Mas, claro, se a pessoa fica o tempo todo fazendo tudo pelos outros, não sobrará tempo para cuidar dos seus projetos, dos seus objetivos, e das diversas áreas da sua vida).

Gente, eu abro um espaço aqui para falar: é muito importante ajudarmos aos outros, mas dentro dos limites! E não a ponto de nos prejudicar para isso!

Outra sabotagem, é que o prestativo, pode ainda criar dependências nas pessoas por ele. Ou seja, por ele fazer tanto pelas pessoas, é comum que elas não façam as suas próprias coisas sozinhas, e sempre aguardem, para que ele faça por elas. Muitas vezes, ele pode até se irritar com isso, mas foi ele quem criou essa dependência e esse comodismo no outro.

As pessoas só fazem conosco aquilo que deixamos!

Necessidades do sabotador prestativo:

Muita necessidade de receber o amor do outro. Ele busca isso através das ajudas, favores e elogios que presta.

Busca aceitação e afeição.

Dificuldades do sabotador prestativo:

Não consegue expressar suas necessidades de maneira clara e direta. Por exemplo: Eu quero que faça dessa maneira… Eu não estou gostando disso aqui… Eu gostaria que fosse assim… ou seja, ele dá voltas e fala de forma meio entre linhas. Não expressa suas necessidades. Na verdade, isso indica dificuldade em se posicionar. Note que o sabotador aparece de novo aqui! Isso faz com que o prestativo, perca oportunidades. Para aproveitar oportunidades em nossa vida, precisamos falar de forma clara e direta aquilo que queremos e que almejamos! Ou seja, precisamos ser firmes, seguros e nos colocar! Tanto para dizer aquilo que queremos, quanto para colocar limites e dizer aquilo que não queremos, ou que nos incomoda! O prestativo, não consegue expressar os seus desejos, pois  acha que se fizer, será tido como egoísta.

Sentimentos da pessoa com o sabotador prestativo:

Se ressenti quando as pessoas não se importam com o que elas fazem, com isso, acham que as pessoas são egoístas e ingratas.

Sensação de que está esquecendo de si mesma.

Então é  por isso, gente, que precisamos trabalhar o interior! Buscar autoconhecimento, ler, fazer análises, meditar, enfim… para encontrar esse amor de nós para nós mesmos! Na verdade, ele já está aí dentro de você, mas, algumas pessoas por estarem distantes delas mesmas, por não as conhecerem, ficam perdidas pela vida, achando que o amor delas, que a paz, que a felicidade, que alegria delas, enfim… dependem dos outros ou dos fatores externos. E com isso, elas caminham pela vida se sabotando, e claro se frustrando.

Então se você localizou esse sabotador prestativo aí em você, dicas que eu dou:

descubra quem é você! Saiba o que você gosta ou não! Aprenda expressar as suas vontades! Diga não sem culpa!

E claro, você pode e deve ajudar sim, mas com equilíbrio!

A vida para ser desenvolvida e fluir, precisa de ter equilíbrio!

Além desse artigo ” O sabotador prestativo” , leia outros artigos aqui no blog. Acesse em:👇 https://pausaparaaquecerocoracao.com/category/autoconhecimento/

Escrito por Hérica Rodriguess

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by