Erin Brockovich e o arquétipo do justo – resenha do filme.

Resenha do filme Erin Brockovich – e o arquétipo do justo. Esse é um drama, baseado em fatos reais, que eu particularmente gostei bastante. O filme retrata uma história incrível ocorrida nos Estados Unidos da América, que envolve crime ambiental, praticado por uma empresa bilionária, a (PGE) Gás e Eletricidade do Pacífico, que foi a responsável por terríveis danos causados aos moradores da região da Califórnia. O que desperta em Erin, a busca por reparação e por justiça.

Erin, personagem principal, interpretada por Julia Roberts, é uma mulher divorciada de dois casamentos, que sozinha enfrenta dificuldades financeiras e luta para criar 3 filhos pequenos. E para piorar a situação, Erin desempregada, perde a babá que cuidava dos seus filhos, e ainda, após sofrer um acidente causado por imprudência de um médico que atingiu o seu carro, perde a ação judicial em questão. Desesperada, cheia de contas para pagar, e com 3 filhos pequenos para sustentar, ela tenta conseguir um emprego no escritório de advocacia do advogado que anteriormente atuou na causa dela relacionada ao acidente de carro. A princípio, ele não deseja empregá-la, mas a situação de Erin é tão precária, que ela por conta própria, praticamente se intitula funcionária do escritório, e começa a trabalhar lá; e assim, ela acaba convencendo o advogado em contratá-la.   Tudo corre normalmente, sem maiores emoções, até que um dia, o seu chefe pede para que ela organize um arquivo de um caso judicial. Então,  ela decide ler e se depara com o caso que envolve uma empresa bilionária (PGE), localizada na Califórnia, e descobre que durante anos, essa empresa cometeu vários crimes de contaminação da água, o que gerou sérios danos para o meio ambiente e principalmente para a saúde de muitas pessoas da região; incluindo cânceres, perda de órgãos, dores, intoxicações graves e até mortes.

Diante da perplexidade de sua descoberta e  indignada pela situação, Erin, sem nenhum conhecimento jurídico ou universitário, decide começar a investigar o caso por conta própria. E a partir daí, ela começa a trabalhar dia e noite, com afinco para juntar dados, provas, colher informações dos moradores da região, obter documentos, enfim… ela se envolve em um processo de investigação de maneira profunda e determinada. Erin, procura as vítimas do caso, ganha a confiança deles e os convencem a relatarem os seus casos no tribunal. Ela aos poucos, vai conquistando o respeito e a credibilidade do seu chefe, dos seus colegas de trabalho, das pessoas que foram vítimas dessa atitude criminosa da PGE. E todos, um a um, vão se unindo em prol de conseguir levar a empresa a justiça e alcançar a reparação dos danos oriundos da contaminação da água.

Podemos ver claramente o arquétipo do justo na personagem Erin BROCKOVICH, interpretado por Julia Roberts. Erin exerceu nesse filme as qualidades desse arquétipo, como por exemplo:

  • Ela buscou descobrir toda a verdade em torno da situação;
  • buscou ouvir todas as partes envolvidas que sofreram as consequências danosas;
  • procurou estabelecer a ordem e a justiça na região dos moradores, vítimas da água contaminada pela empresa PGE;
  • agiu com comprometimento com as pessoas, uma vez que buscou cumprir a sua palavra;
  • Erin, foi uma mulher forte, de personalidade marcante que mesmo sem ter o conhecimento formal e teórico de uma universidade, utilizou do seu senso de justiça para influenciar as pessoas; e assim conseguiu êxito em sua causa;
  • investigou e descobriu fatos criminosos de uma empresa que foi a responsável por retirar a saúde, a alegria e a vida de muitas pessoas e famílias;
  •  abraçou a causa, e com inteligência e ética, lutou por essa causa e alcançou a justiça;
  • Erin, analisou com cautela as consequências das suas palavras e dos seus atos, e a eles buscou honrar.

 Todas essas atitudes e comportamentos de Erin Brockovich, são virtudes do arquétipo do justo; e o filme demonstrou isso muito bem, através dessa personagem interpretada por Julia Roberts.

Bem, agora eu vou parar por aqui, não pretendo dar spoiler. Assista ao filme! Depois, volte aqui e relate o que você achou, ok? Boa sessão! 📺🍿

Além dessa resenha do filme Erin Brockovich – e o arquétipo de justo, leia as resenhas de outros filmes aqui no blog!

Leia aqui:⏬👇🏼⤵

https://pausaparaaquecerocoracao.com/?s=Filmes

Se inscreva em meu canal do Youtube e receba toda semana conteúdos gratuitos sobre autoconhecimento, arquétipos, PNL, comportamento, autoestima, relacionamentos e muito mais! Se inscreva aqui:⏬⤵

http://bit.ly/hericarodriguess

Siga no Instagram☕💜⤵

https://www.instagram.com/pausa_paraaquecerocoracao/

Resenha feita por Hérica Rodriguess

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!